Pular para o conteúdo principal

Entenda Economia e Mercado em em 02 frases

É bem certo que os pais entendam perfeitamente sobre seu trabalho. É sobre trabalho que vai aprender economia e mercado.

Dois homens muito ricos estavam num avião, cada um em seu trabalho, quanto ele caiu no deserto. Antando por hora. (Essa história permite várias extensões). Cada um deles foram para lados diferentes. O primeiro, caminhando  no solo arenoso e quente arrasado sua mala de dinheiro, não suportava a sede agravado pelo pó da areia na garganta. Viu a frente  um bar.  Muito exausto entrou nele e pediu um copo de água. Só havia uma única garrafa do qual ele ofereceu todo o dinheiro  em troca. 

O outro, também muito cansado arrastava sua mala cheia de dinheiro sob o sol escaldante com muita sede. Por coincidência também avistou um bar no meio do deserto. Chegando lá, com muita sede, já foi logo oferecendo muito minheiro num copo de água. E então repetiu isso por duas e três vezes, quando a sede acabou. Então ele perguntou o quanto havia de água, pois, estava disposto a garantir a sua reserva.  O proprietário informou que havia um rio enorme passando logo ao fundo do bar  e que havia muita água estocada, o suficiente para um ano. 

Certo da realidade, o segundo viajante decidiu que iria partir, e quis levar água, mas ofereceu tão somente ínfimos valores. Já o primeiro viajante ainda estava oferecendo enormes quantidades de dinheiro por alguns goles de água. 

Economia é a compreensão da escassez, mercado é a trinomial necessidade, disposição objeto. 

Em economia, escassez é um termo que descreve uma disparidade entre a quantidade demandada de um produto ou serviço e o montante fornecido no mercado. Especificamente, a escassez ocorre quando há excesso de demanda, portanto, é o oposto de um excedente. 

 Economia e Mercado
Entenda Economia e Mercado em em 02 frases


Postagens mais visitadas deste blog

O Rei põe a mão na massa e assume a front

O Rei está sempre na frente liderando. Ele não foge da luta nem deixa que seus compatriotas seja humilhado e desonrado por outros. Um Rei protege seus filhos  e o negócio. Pois, o Negócio é o objetivo de todos. 
A liderança não é um cargo profissional. Ela é o que mais se aproxima da relação entre pais e filhos. O líder destina aos seus de tal forma que almeja que todos estejam  na condição justa de trilhar seu  próprio caminho, e sempre que pode, os ajudam. O líder mantém a união e resolve as divergências. 
Liderar não é dar ordens, tampouco está na condição de mando e desmando. Pelo contrário, que assume a liderança é o primeiro a ouvir, a erguer a espada  no front e o último a sair dele. 
Seja Rei, seja líder Rei. 

Ainda em Terras de negócio quem tem ideias é rei.

Dizem que em terras de cego quem tem olho é rei.
Em terras de Negócios quem tem boas ideias também pode virar rei. Há muitas ideias soltas por aí, mas poucas delas possui em seu teor a essencialidade para frutar-se em negócios.  Não basta ter apenas a ideia, é preciso ter idéia de meios, métodos e resultados.
Os meios condicionam instrumentos necessários para almejar os resultados. A ideia nua e crua é como um sonho fantasioso que não se realiza porque é logicamente e fisicamente impossível. 
Há de se levar a ideia ao papel, descobrir a eficiência que ela traz e sua eficácia. No que vai ser útil e como será útil.  Se coloque no lugar do cliente  e questione a utilidade. Vai ver que é muito mais difícil ser Rei em terras de negócios. 
Seja um Rei!



O preço da hora e o preço do trabalho

Por 05 anos o dever era acordar cedo, mais precisamente as 06 horas da manhã,  passar pelo sufoco da vida moderna e trabalhar, ganhando pouco até as 16 horas, de segunda a sábado. Aos fins de semana,  chorava por não poder sair a convite de seus amigos curtindo dia a pós dia. Considera-se a pressão moral da família e da própria responsabilidade.

A história poderia ser outra.  Abriu um negócio e trabalha de domingo a domingo das 06 as 20 horas enquanto perde o fim de semana com os amigos.

Considera-se hora, o tempo.

O preço do trabalho é diferente do preço da hora trabalhada. Essa hora é o tempo do  profissional, o tempo consumido na vida. O tempo sem amigos e sem família, o tempo que dedicou ao sonho e aos objetivos.

O preço do trabalho, quem determina é o mercado, o preço do profissional, é determinado pelo seu auto julgamento, seu auto valor.


O tempo não para, porque nunca se inicia.



Ler é bom, escrever é melhor

Ler é bom, escrever é melhor. É comum, ao menos em Minas, que se diz um velho ditado que ninguém realmente sabe de onde é, mas que todos dizem, com o fato de ser verdade dogmática.  Devemos ouvir mais e falar menos.  Na contrapartida, em tempos de prosperidade tecnológica e de comunicação esse modelo de chamada é útil mais que grandes reportagens porque as remete  inúmeras possibilidades.
Agora é certo para uma inversão parcela, do ditado anterior. Ler é bom, e escrever é melhor, pois, é necessário contribuir com seu conhecimento para que ele faça o bem do qual eu sentido para você. Em síntese, leia muito, escreva muito mais.

A viagem do século

A viagem do século...
Alguns diriam que seria a suposta ida do homem a lua, outros diriam sobre alguma sonda viajando no espaço profundo.
Ha aqueles que defeririam sua própria viagem fantagórica, e mesmo aqueles que atravessaram o oceano num barco a vela ou uma aventura qualquer por aí.
Pelo entusiasmo do boom dos anos 2005 e 2010, as cidades viraram aldeias multiculturais sem precedentes, aos frutos da migração e imigração universalizadas. Os sonhos e a irresponsabilidade se confundiam.
Os tempos bons passaram, não se cuidaram e 2019 chegou. Os tempos sombrios, radicais e de desprezos, as vítimas são os mesmos que ignoraram os riscos e continua a negligencia-os.
Sem casa, sem dinheiro, sem comida e dormindo nas ruas, deu glorias a mais bela viagem de 03 dias até a humilde casebre dos pais no interior do Brasil.